3321-2243 | 3321-2443
Av. Maurício Cardoso, 88
Erechim | RS

X
play

DIFUSÃO FM

Flash Back

play

DIFUSÃO AM

Mensageiro Gaúcho

Notícias

31/03/2018

ONU teme que tensão em Gaza piore e pede investigação independente sobre mortes

Compartilhe


O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, pediu uma investigação independente e transparente sobre as mortes e feridos em Gaza na sexta-feira (30), disse seu porta-voz em um comunicado.





"Ele também apela aos interessados ​​a se absterem de qualquer ato que possa levar a mais baixas e, em particular, a quaisquer medidas que possam colocar civis em perigo", disse Farhan Haq, porta-voz da ONU.





O confronto de sexta-feira (30) ocorreu no primeiro dia de seis semanas de protestos da chamada "Marcha do Retorno", manifestação contrária à ocupação israelense. Organizada oficialmente pela sociedade civil, a manifestação é apoiada pelo Hamas, o movimento islâmico palestino que governa a Faixa de Gaza.





Segundo a Associated Press, esse foi o dia mais sangrento em Gaza desde a guerra travada na fronteira em 2014. Pelo menos 16 palestinos morreram e cerca de 2 mil ficaram feridos no protesto.



O protesto na fronteira de Israel está previsto para continuar até o dia 15 de maio. Tendas de campanha foram montadas a uma distância de cerca de 700 metros da fronteira, mas os manifestantes palestinos têm realizado demonstrações a cerca de 200 metros do território israelense, na fronteira entre Gaza e Israel.



 



Do G1



Mais notícias