Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
PUBLICIDADE

Vereadores aprovam lei que proíbe o uso de canudos plásticos em Erechim

Publicado 26/03/2019 às 05:31
Crédito: Prefeitura de Erechim/Secom

Crédito: Prefeitura de Erechim  |  Secom

Na sessão ordinária realizada na última segunda-feira (25), os representantes do Poder Legislativo erechinense aprovaram por unanimidade um projeto de lei de autoria do vereador André Jucoski. A legislação proíbe a utilização de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais na cidade, omo restaurantes, bares, lanchonetes, ambulantes e similares.

Se os responsáveis pelos estabelecimentos desejarem, poderão apresentar uma alternativa ao consumidor. Ou seja, canudos biodegradáveis, comestíveis ou reutilizáveis, embalados, quando necessário, com material semelhante.

O autor da lei diz que a inciativa visa causar um menor impacto ecológico. Segundo ele, o plástico é considerado uma das substâncias mais nocivas ao meio ambiente e que mais levam tempo para se decompor: chegam a ultrapassar 400 anos.

“O material não biodegradável não se decompõe de maneira natural, e é altamente poluente caso incinerado. Utilizar e consumir itens reutilizáveis e biodegradáveis sempre que possível pode ajudar a reduzir drasticamente a quantidade de lixo acumulado em aterros sanitários, beneficiando assim o ecossistema e a nossa saúde”, justifica Jucoski.

“O projeto foi criado para, neste primeiro momento, minimizar os impactos causados pelos canudos plásticos, que correspondem a 4% do lixo plástico gerado, e abrirmos uma porta para discussões sobre o uso inconsequente deste material”, finaliza Jucoski.

Após a aprovação no plenário, a lei precisa ser sancionada pelo Poder Executivo.

PUBLICIDADE