Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Brasil de Norte a Sul 
Apresentação
Edeovaldo Dias dos Santos

Treinamento para erradicação da brucelose e tuberculose animal ocorre Cruz Alta

Publicado 17/04/2019 às 02:35
Treinamento para o PNCEBT ocorre no início de maio, em Cruz Alta (RS) | Foto: Simvet/Divulgação

Treinamento para o PNCEBT ocorre no início de maio, em Cruz Alta (RS)    |   Foto: Simvet/Divulgação

O Sindicato dos Médicos Veterinários do Rio Grande do Sul (Simvet/RS) promove, entre 6 e 10 de maio, o 48º treinamento para o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT). A atividade é realizada em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Universidade de Cruz Alta (Unicruz), que sedia o evento.

O PNCEBT foi instituído em 2001 com o objetivo de diminuir o impacto negativo das zoonoses na saúde humana e animal, além de promover a competitividade da pecuária brasileira frente aos mercados internacionais. O sindicato aplica os treinamentos desde 2011 e mais de 1 mil profissionais já foram capacitados para executar os testes de brucelose e tuberculose.

Conforme a presidente do Simvet/RS, Angelica Zollin, o sindicato continua com o firme propósito de qualificar os médicos veterinários para que possam atuar em diversas áreas. Dentro da habilitação para o PNCEBT, esses profissionais farão parte do grupo que mantém essas doenças fora dos rebanhos gaúchos.

“O Rio Grande do Sul está entre os estados com os maiores índices vacinais. A brucelose que é causada pela Brucella abortus, atinge tanto o gado de corte quanto o gado de leite. Já a tuberculose, que é transmitida pelo Mycobacterium bovis, é um problema mais sério para os produtores de leite. E ambas as enfermidades atingem também os búfalos”, observa Angelica.

Quem pode fazer o treinamento

O treinamento ocorre na Unicruz, em Cruz Alta (Rodovia Municipal Jacob Della Méa, s/n – Parada Benito), e é exclusivo para médicos veterinários.

Após o curso, os profissionais devem solicitar a sua habilitação junto ao Ministério da Agricultura e da Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul.

Informações e inscrições pelo e-mail pncebt.unicruz@gmail.com. O treinamento é limitado a 20 vagas.

PUBLICIDADE