Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Domingo Campeiro
Apresentação
Paulo Frizzo e Docimar Schmidt
A Voz da Libertação
Produção e apresentação
Igreja Pentecostal Deus é Amor
PUBLICIDADE

Projeto incrementa aprendizado de Inglês na Escola Helvética, de Erechim

Publicado 28/02/2019 às 11:32

Alunos da Escola Helvética com as cartas dos estudantes dos EUA  |  Fotos: Acervo Escola Helvética

O início do ano letivo chegou com uma surpresa internacional para os estudantes do 8º ano da escola Escola Estadual de Ensino Médio Professora Helvética Rotta Magnabosco, de Erechim (RS). Durante o último trimestre de 2018, como parte do plano de aula, o professor de Inglês Coriolanu Thill, conhecido como Coré, iniciou um projeto de escrita e leitura.

Batizado como Letters to a friend, o projeto consistiu em um intercâmbio de cartas entre alunos da Escola Helvética e a Paradise High School, da cidade de Decatur, no Texas (EUA).

Como foi o projeto
O Letters to a friend foi desenvolvido em duas fases. Na primeira, foi trabalhado o gender letter (gênero carta). A ideia era aguçar nos estudantes a vontade e a habilidade de ler e compreender textos desta modalidade na língua inglesa, além de valorizar a pronúncia. A etapa também contemplou a parte gramatical, envolvendo os tempos verbais e outras regras, aprendidas nos trimestres anteriores.

A segunda fase do projeto envolveu a habilidade escrita. Os estudantes redigiram cartas com auxílio de material didático e dicas do professor. Eles contaram um pouco da sua rotina escolar e cotidiana, sobre os costumes locais, as belezas do Estado e de Erechim. Algumas fotos das turmas e também de iguarias gaúchas, como churrasco e chimarrão, foram postadas junto.

Após essas etapas, os jovens também aprenderam a preencher os envelopes. A maioria deles encarou como novidade, visto que, em plena era digital, o envio de cartas não é mais uma prática constante.

Postagem das cartas
As cartas foram postadas no dia 1º de novembro e chegaram nos EUA no dia 29 do mesmo mês. Lá, a professora Suzanne Taylor, que leciona Literatura para o Ensino Médio, também desenvolveu atividades semelhantes e destacou a importância de conhecer novas culturas. Os estudantes texanos responderam as cartas e também mandaram fotos das turmas e alguns mimos para os novos amigos erechinenses.

As correspondências,  quee estavam sendo aguardadas ansiosamente pelos alunos da Helvética, chegaram esta semana. E a aula de Inglês, claro, foi de leitura e prática de pronúncia. Tudo em meio a muita animação e ainda mais vontade de aprender.

troca de cartas 3

Coriolanu Thill, professor de Inglês da Escola Helvética, trabalhando com as cartas em aula

PUBLICIDADE