Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
PUBLICIDADE

Projeto ‘Escola no Campo’ premia alunos destaque

Publicado 23/11/2018 às 11:22
Crédito: Assessoria de Imprensa Cotrijal

Crédito: Assessoria de Imprensa Cotrijal

A tarde de 22 de novembro foi de premiações para os alunos que se destacaram no projeto Escola no Campo 2018, da Cotrijal. A solenidade de encerramento desta que foi a 17ª edição aconteceu no auditório do parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque (RS). Estiveram presentes a comunidade escolar, representantes da Cotrijal e da Syngenta e autoridades locais e regionais.

De acordo com o vice-presidente da cooperativa, Enio Schroeder, em função do projeto, o agricultor está mais consciente da sua responsabilidade com a sua saúde e com o meio ambiente. “Quando a Syngenta nos apresentou o Escola no Campo buscamos parceria com as prefeituras e isso fez toda a diferença para que obtivéssemos êxito. Os resultados alcançados mostram que vale a pena investir na educação das crianças. Por meio delas a família e toda a comunidade são beneficiadas”, destacou o dirigente.

A premiação
Os alunos desenvolveram frases e desenhos sobre preservação do meio ambiente e a correta utilização dos defensivos agrícolas. Os primeiros colocados em cada município, nas categorias “frase” e “desenho”, foram premiados com uma bicicleta. Já os segundos lugares foram agraciados com o jogo “Banco Imobiliário”.

Jordana Drehmer, de Tio Hugo, ganhou o segundo lugar na categoria “desenho”. El estava empolgada com a premiação e principalmente com o que aprendeu em sala de aula. “Fiz um desenho com tudo que tem em nossa propriedade, mostrando como podemos ajudar o meio ambiente”, disse a estudante de 10 anos, que mora no interior de Tio Hugo e levou as informações para os pais. “Eles já faziam tudo direitinho, mas sempre é bom lembrar”.

Para conhecer a lista completa dos premiados, clique aqui.

O projeto
O Escola no Campo é resultado de uma parceria entre Cotrijal, Syngenta, Secretarias de Educação e Fundação Abrinq. O objetivo é promover a integração sustentável das comunidades, com o foco para o meio ambiente, segurança alimentar e agricultura.

Direcionado a alunos de 5º e 6º anos de escolas públicas, o Escola no Campo já capacitou mais de 24 mil jovens. Só em 2018 participaram 55 escolas, em 14 municípios, beneficiando 1471 alunos.

 

PUBLICIDADE