Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Toque Sertanejo
Apresentação
Docimar Schmidt e Paulo Frizzo
Rádio Cidade
Apresentação Francisco Basso Dias

Museu de História da Medicina do RS cede respirador de 1950 para ser reproduzido por impressora 3D

Publicado 31/03/2020 às 02:22
 Equipamento

Instrumento TAKAOKA, da década de 1950, servirá de base para confecção de novos respiradores em impressora 3D    |   Foto: Simers

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM), que é parceiro do Sindicato Médico do RS (Simers), emprestou à Sociedade de Anestesiologia do Estado um antigo equipamento de ventilação mecânica para reprodução em impressora 3D, a fim de atender à demanda gerada pela pandemia do novo coronavírus. O equipamento será encaminhado a São Paulo para que seja replicado.

O instrumento TAKAOKA, modelo K600, de fabricação na década de 1950 (foto anexa), servirá como base para a confecção de novos respiradores. A ação é coordenada por um grupo de anestesiologistas de São Paulo, coordenado pelo médico Giorgio Pretto.

“Neste momento delicado para a saúde mundial, ficamos honrados por poder colaborar, cedendo um dispositivo do nosso acervo. Que este aparelho, atualmente em desuso, volte a ser útil para salvar muitas vidas”, afirma o presidente do MUHM e diretor do Simers, Marcos Rovinski.

PUBLICIDADE